top of page
  • Foto do escritorephealth

Como surgiu o Agente Comunitário de Saúde no Brasil?


O Agente Comunitário de Saúde (ACS) surgiu no Brasil como parte da implementação do Sistema Único de Saúde (SUS), a partir da década de 1990. O ACS foi criado como uma estratégia para promover a atenção básica à saúde e a aproximação dos serviços de saúde com as comunidades.

O programa de Agentes Comunitários de Saúde foi instituído pela Lei Federal nº 10.507/2002, que regulamentou a profissão e estabeleceu as diretrizes para a sua atuação. Antes disso, experiências pioneiras de atuação comunitária já estavam sendo desenvolvidas em algumas regiões do país.

A ideia principal por trás da criação dos ACS era levar o atendimento de saúde mais próximo das famílias e das comunidades, especialmente em áreas de difícil acesso, com maior vulnerabilidade social e carência de serviços de saúde. Os agentes são moradores da própria comunidade em que atuam, o que facilita o estabelecimento de vínculos e a compreensão das necessidades e realidades locais.

Ao longo dos anos, o trabalho dos ACS tem se mostrado fundamental na melhoria dos indicadores de saúde e no fortalecimento da atenção básica no país. A figura do agente comunitário de saúde se tornou uma peça-chave na promoção da saúde e na prevenção de doenças, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das comunidades atendidas.

1.536 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page